o seu guia cultural

Ensaio aberto – as plantas que cuidam das casas abandonadas

O projeto “as plantas que cuidam das casas abandonadas” é uma pesquisa-montagem de um espetáculo de teatro contemporâneo que propõe se debruçar dialogicamente sobre as vidas e os poderes sociais que as regem: territorialidade, memória, abandono, estruturas, efemeridades e afins. Observando o centro histórico de Cuiabá, nos efervescem inquietações acerca das plantas que tomam conta do concreto abandonado pelo humano; do conflito territorial para a sobrevivência entre o humano e as plantas, e suas codependências; das relações traçadas com o espaço e o tempo na contemporaneidade; e as delimitações de importância sobre os seres que coabitam tal espacialidade. A partir disso, este projeto esquematizou relações interdisciplinares sobre as dinâmicas geográficas, sociais, biológicas e culturais do centro urbano.

SINOPSE

Por que não falamos de nós? Reparem que não falamos da nossa situação agora. Somos paredes desta mesma casa, aliás, ruínas desta mesma casa, nos encontramos nas quinas, nos ângulos retos e nos cheiros que impregnam o mesmo terreno que fomos levantadas… sumiremos e não falaremos disso, queremos acabar? Somos paredes sentenciadas à morte, culpadas por ocuparem a memória de um capital que quer outros tipos de paredes no nosso lugar, culpas mesmo, só nossa?

Serviço: Ensaio aberto do espetáculo ‘as plantas que cuidam das casas abandonadas’

Duração: 1 hora e 30 minutos.

Horário das sessões:  1ª Sessão Domingo as 09:00 horas, segunda sessão domingo às 19 Horas.

Classificação indicativa: 12 anos

FICHA TECNICA

Encenação: Clodoaldo Arruda, Jean Pablo Loti, João Vitor Marques.

Atuantes: Clodoaldo Arruda, Jean Pablo Loti, João Vitor Marques.

Dramaturgia: Clodoaldo Arruda, Jean Pablo Loti, João Vitor Marques.

Concepção da luminosidade: Clodoaldo Arruda, Jean Pablo Loti, João Vitor Marques.

Concepção de cenário, figurinos e adereços cênicos: Clodoaldo Arruda, Jean Pablo Loti, João Vitor Marques.

Execução de cenário, figurinos e adereços cênicos: João Vitor Marques.

Estudo permanente da sonoridade: Clodoaldo Arruda, Jean Pablo Loti, João Vitor Marques.

Elaboração de material de divulgação: Clodoaldo Arruda.

Consultora interdisciplinar de geografia: Drª Marcia Alves.

Consultora interdisciplinar de biologia: Doutoranda Angélica Muller.

 

Este projeto foi contemplado pelo Edital de seleção pública nº 03/2022/SECEL/MT – Viver Cultura, e conta com apoio cultural do Centro Cultural Casa Cuiabana.

 

RESERVAR INGRESSO

  • Data : 28/04/2024
  • Horário : 09:00 (America/Cuiaba)
  • Local : Centro Cultural Casa Cuiabana

Outros eventos