4 clipes para conhecer a trajetória de Billy Espíndola

 4 clipes para conhecer a trajetória de Billy Espíndola

Foto: Eliane Londeiro

Billy Espíndola é um artista multiinstrumentista, cantor e compositor cuiabano. Além de suas contribuições na música autoral Mato-grossense, é um luthier (profissional especializado na construção e no reparo de instrumentos de cordas) de mão cheia. Com este trabalho, já criou a Guitarra de Cocho, Skatarra e Guitarra de Cocho de dois braços.

Enquanto produtor musical e cultural, fundou o Espaço Toma, que completa mais de dez anos profissionalizando artistas Mato-grossenses e de todo Brasil, seja, com parcerias musicais, ao assessorar e lançar talentos ou na produção de eventos.

Billy, que é responsável por muitas revelações da música autoral no Estado, criou em 2019, a Coletânea Cabeça de Pacu, que caminha para sua quarta edição em 2024. Neste projeto, reúne diversos artistas, em um encontro de estilos, para mostrar a pluralidade e forte movimento artístico que Mato Grosso tem em diversas frentes, inclusive, na música.

Toda essa rede começou com o Billy Espíndola artista – e é essa versão que vamos apresentar inicialmente em uma lista (na ordem dos lançamentos mais recentes para os mais antigos) com alguns trabalhos de sua carreira. Confira!

1 – Toque DJ (intro do Led Zeppelin)

Sem sombra de dúvida, Billy é um dos artistas que mais representa a cultura popular regional, com composições e releituras de clássicos – como é o caso de Toque Dj, nesta música ele deixa ainda mais claras suas influências em ritmos como rock, country, blues, rasqueado e lambadão. A gravação foi feita ao vivo em um festival no interior de Mato Grosso.

2 – Melhor Presente

Melhor Presente mostra a fascinação de Billy por uma nova fase de sua vida, a do nascimento do filho, com profundidade emocional e sentimentos expressados através da letra e também nos solos de sua guitarra. Para eternizar o momento, ele gravou a voz do bebê no estúdio do Espaço Toma, enquanto a criança ainda tinha 4 meses. Já o clipe foi estrelado em família e com uma banda grande (de músicos que fizeram e, ainda fazem, parte de sua trajetória).

3 – Cuiabá no Paletó  

Nesta fase da carreira, como bom cuiabano, apreciador e defensor de sua terra natal, ele mostra visuais panorâmicos da cidade, circula de skate por vias conhecidas e usa de diversas camadas de humor e indignação para sua expressão. Além da proposta de contemplação visual da cidade, faz criticas sociais e politicas sobre a forte corrupção que atinge a sociedade. Esse é um dos clipes mais conhecidos de sua trajetória, com mais de 33 mil visualizações só no YouTube.

4 – Só por Brincadeira com skate e dança

Uma das canções mais antigas e também conhecidas é Só Por Brincadeira. Em seus shows, o público canta do início ao fim essa música e, muito provavelmente, ela também é uma das favoritas da galera. Nesse trabalho ele incorpora a introdução e os solos com uma pegada mais country. O músico não aparece no clipe, mas diversos elementos de sua realidade foram incluídos nas cenas, como skate e estampas de chita – tradicionais também na cultura cuiabana.

Para conhecer outros trabalhos de Billy Espíndola, acesse seu canal do YouTube ou Spotify.

 

 

Atua com jornalismo cultural e assessoria de imprensa há mais de dez anos em Mato Grosso. Passou por cargos de reportagem e edição em veículos digitais e impressos, além de atuar em web-projetos (como séries e documentários governamentais e do setor privado) como pesquisadora e roteirista. Leitora e escritora literária, com ênfase em contos e crônicas. Hoje, além da empresa Mirella Duarte Assessoria de Comunicação, há quatro anos no mercado, é sócia-proprietária do portal Cuiabá Tem.