Governo realiza recadastramento de bibliotecas públicas de Mato Grosso

 Governo realiza recadastramento de bibliotecas públicas de Mato Grosso

Foto: João Felipe

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) está atualizando os dados cadastrais de bibliotecas públicas em Mato Grosso. Realizado pela coordenação do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso, o recadastramento segue aberto até o dia 17 de maio, exclusivamente por formulário online (clique aqui).

Atualmente, 160 bibliotecas estão integradas ao Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso. Destas, 145 são municipais, 11 comunitárias e uma estadual, a Biblioteca Estevão de Mendonça.  Na lista, há ainda três bibliotecas containers, que são implantadas em parceria entres municípios e Organizações da Sociedade Civil (OSCs) por meio da Lei Rouanet de incentivo à cultura.

A coordenação do Sistema Estadual busca apoiar a implantação e modernização de bibliotecas públicas por todo o Estado. Dentre as ações estão assessorias técnicas, capacitações das equipes, apoio na atualização dos acervos e realização de projetos diversos para fomento de ações de incentivo à leitura.

De acordo com o coordenador do Sistema Estadual em Mato Grosso, Carlos Alberto de Assunção Santos, as informações atualizadas ajudam na integração e fortalecimento de bibliotecas por todo o Estado.

O Sistema Estadual integra as bibliotecas existentes em Mato Grosso. Com dados cadastrais atualizados, poderemos saber quais bibliotecas estão em pleno funcionamento e apoiar ações de manutenção e modernização dos espaços, e de atualização dos seus acervos“, explica Carlos.

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas foi criado como parte Integrante do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e, em Mato Grosso, é coordenado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Atua com jornalismo cultural e assessoria de imprensa há mais de dez anos em Mato Grosso. Passou por cargos de reportagem e edição em veículos digitais e impressos, além de atuar em web-projetos (como séries e documentários governamentais e do setor privado) como pesquisadora e roteirista. Leitora e escritora literária, com ênfase em contos e crônicas. Hoje, além da empresa Mirella Duarte Assessoria de Comunicação, há quatro anos no mercado, é sócia-proprietária do portal Cuiabá Tem.