Projeto Canteiro-Modelo de Conservação acolhe construções históricas de Cuiabá

 Projeto Canteiro-Modelo de Conservação acolhe construções históricas de Cuiabá

Secom-MT

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lançou na última semana de maio, o projeto Canteiro-Modelo de Conservação em Cuiabá. A parceria é entre a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o Iphan para a implantação, que tem como foco famílias de baixa renda que moram em regiões tombadas de cidades históricas, como é o caso do centro de Cuiabá. Na capital mato-grossense, o projeto receberá o investimento de R$ 5,5 milhões. 

Os Canteiros-Modelo de Conservação já têm beneficiado cidades em diversos pontos do país. O projeto consiste em oferecer assistência técnica gratuita a famílias com renda de até 3 salários mínimos, para restauração de seus imóveis, e traz uma mudança de paradigma na forma como o Iphan gerencia os recursos na preservação do Patrimônio Cultural. O projeto pretende ainda enfrentar questões relativas à infraestrutura urbana, ao saneamento básico e à acessibilidade dos imóveis atendidos.  

Tudo isso é feito de forma alinhada com as diretrizes de conservação das características que tornam essas residências unidades relevantes dentro dos conjuntos urbanos tombados. A iniciativa também permite a qualificação da mão de obra local, visto que as obras são feitas em parceria com Instituições de Ensino Técnico e Superior Federais e apoiadas pelas Prefeituras Municipais. No caso de Cuiabá, a instituição parceira do projeto é a própria Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFMT.  

Patrimônio Cidadão 

O projeto dos Canteiros-Modelo de Conservação integra um conjunto de ações intersetoriais e transversais do Iphan voltadas para a preservação do Patrimônio Cultural com foco em grupos sociais historicamente excluídos das políticas públicas. Chamado de Patrimônio Cidadão, o programa articula todos os departamentos do Iphan com diversos segmentos da sociedade para um movimento de reparação histórica, promoção do desenvolvimento territorial e da dignidade humana, por meio da preservação do Patrimônio.  

Mais informações
Canteiro-Modelo de Conservação em Cuiabá
Assessoria de Comunicação Iphan

[email protected]
www.gov.br/iphan

Atua com jornalismo cultural e assessoria de imprensa há mais de dez anos em Mato Grosso. Passou por cargos de reportagem e edição em veículos digitais e impressos, além de atuar em web-projetos (como séries e documentários governamentais e do setor privado) como pesquisadora e roteirista. Leitora e escritora literária, com ênfase em contos e crônicas. Hoje, além da empresa Mirella Duarte Assessoria de Comunicação, há quatro anos no mercado, é sócia-proprietária do portal Cuiabá Tem.