Projeto oferece prática de equoterapia para crianças autistas em Cuiabá

 Projeto oferece prática de equoterapia para crianças autistas em Cuiabá

Da assessoria

11ª edição da Semana do Cavalo que será realizada no dia 02 a 12 no Parque de Exposições Jonas Pinheiro é uma oportunidade de vitrine para evidenciar os benefícios do estilo de vida associado a paixão por cavalos. Dentre essas alternativas, alguns trabalhos sociais ganham atenção do público e seguem abertos para a comunidade, além da gratuidade das ações culturais, arrecadação de alimentos (doados por quem quiser levar, na entrada do evento), que serão destinados.

O projeto, para quem ainda não conhece, atende crianças autistas. Atualmente, mais de 500 crianças e adolescentes, são atendidas mensalmente com o método terapêutico e educacional oferecido pelo Haras Twin Brothers.

A iniciativa também recebe maior visibilidade por conta do Abril Azul, teve o mês estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007, para dar mais visibilidade ao Transtorno do Espectro Autista (TEA). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o autismo afeta um a cada 100 crianças em todo mundo, os dados foram revelados no Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, celebrado no dia 2 de Abril.

A campanha tem um propósito de dar mais visibilidade sobre o tema, aliás é com o conhecimento que podemos combater o preconceito. Com este propósito aliado ao Projeto de Equoterapia do Haras Twin Brothers, segundo Taiane de Almeida Caldeira do Amaral, fisioterapeuta responsável no Haras Twin Brothers, são muitos os ganhos sociais. “Os benefícios são motores e cognitivos. O movimento tridimensional do cavalo causa o tempo todo no praticante (paciente de equoterapia) uma ação de desequilíbrio e equilíbrio, estimulando assim no praticante reações de ajustes corporais favorecendo equilíbrio, tônus e trofismo”, comenta.

A profissional também explica que existem benefícios de ganho de consciência corporal, lateralidade, noção espacial, coordenação motora global (fina e grossa).  “E no cognitivo, temos melhora da interação e socialização, aprendizagem, memória, raciocínio lógico, regras e limites, estímulo de fala, atenção concentração, empoderamento, autonomia e autoestima”, completa.

No Haras, com indicação médica, os profissionais iniciam os atendimentos com crianças a partir dos dois anos de idade e oferecem as aulas de forma particular, além de gratuita. O projeto tem convênios com a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria de Assistência Social de Cuiabá, Secretaria de Educação do Estado, Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) e com o Senar.

Capacitação profissional

Com o objetivo de apoiar o crescimento de profissionais capacitados para atender pacientes com Transtornos do Espectro Autista (TEA). O Haras Twin Brothers oferece cursos itinerantes na área de serviços assistidos por cavalo para dar apoio a equipe dos centros de Equoterapia.

Ministrado pela profissional Claudia da Costa Mota, mestre em Ciências da Educação e especialista em neuropsicomotricidade o curso contextualiza diversos temas, desde a área dos cavalos à área terapêutica, abordando inclusão escolar, deficiências física, sensorial e/ou intelectual (PcD), Transtornos do Espectro Autista (TEA) e transtornos de aprendizagem.

“Temos cursos profissionalizantes que realizamos uma vez por ano. Essa capacitação profissional é oferecida de forma gratuita pelo Senar, que é parceiro da Semana do Cavalo, e também vagas pagas”, finaliza a fisioterapeuta.

Quem estiver interessado pode entrar em contato pelo (65) 99276-3165. (Com assessoria).

Informação do curso

Duração e carga horária: 02 encontros presenciais

Data: Sexta-feira 10 e sábado 11 de maio

Carga horária total: 16 horas

Horário proposto: 8:30 às 12:00 13.30 às 17:30

Público: profissionais atuantes na área

Telefone: (65) 99276-3165

Atua com jornalismo cultural e assessoria de imprensa há mais de dez anos em Mato Grosso. Passou por cargos de reportagem e edição em veículos digitais e impressos, além de atuar em web-projetos (como séries e documentários governamentais e do setor privado) como pesquisadora e roteirista. Leitora e escritora literária, com ênfase em contos e crônicas. Hoje, além da empresa Mirella Duarte Assessoria de Comunicação, há quatro anos no mercado, é sócia-proprietária do portal Cuiabá Tem.