No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento: Alceu Valença em novembro

 No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento: Alceu Valença em novembro

Divulgação

Na véspera de Dia de Finados (1º de novembro), Cuiabá recebe o músico e instrumentista pernambucano, Alceu Valença. A informação foi confirmada por Waltinho Produções por meio de seu Instagram.

A equipe não entrou em detalhes se o músico virá com projeto solo ou com O Grande Encontro, que conta também com artistas como Elba Ramalho e Geraldo Azevedo. Entre os sucessos de Valença, estão canções como “La Belle de Jour”, “Tropicana” e “Anunciação”.

Sobre Alceu Valença

Com 65 álbuns lançados, tanto em estúdio, como ao vivo, Alceu é um dos artistas que mais repercute a música nordestina pelo Brasil e mundo, com mais de meio século de carreira, no último ano ganhou uma biografia – escrita pelo seu assessor e compositor Júlio Moura.

A biografia recebeu o nome ‘Pelas Ruas por Onde Andei’. Ela conta detalhes de sua vida e história, como quando teve uma de suas canções censuradas pelo Regime Militar. Logo no primeiro álbum, quando lançou a canção ‘Talismã’, um trecho da canção dizia: “Joana, me dê um talismã / Você já pensou em mais eu viajar?”.

Os militares compreenderam como uma apologia à maconha (marijuana). Alceu Valença contestou, mas apresentou uma alternativa e trocou o nome “Joana” por “Diana”. Desta forma, conseguiu a autorização para lançar a clássica ‘Talismã’.

Atua com jornalismo cultural e assessoria de imprensa há mais de dez anos em Mato Grosso. Passou por cargos de reportagem e edição em veículos digitais e impressos, além de atuar em web-projetos (como séries e documentários governamentais e do setor privado) como pesquisadora e roteirista. Leitora e escritora literária, com ênfase em contos e crônicas. Hoje, além da empresa Mirella Duarte Assessoria de Comunicação, há quatro anos no mercado, é sócia-proprietária do portal Cuiabá Tem.