O Mormaço Severino lança clipe Vacilo neste domingo

 O Mormaço Severino lança clipe Vacilo neste domingo

Foto: Maria Reis

No domingo (05), a banda O Mormaço Severino lança o clipe ‘Vacilo’, por meio do projeto “3 Alternativas – Clipes N’Roll”. A produção audiovisual inova ao lançar mão da Inteligência Artificial para criar cenários distópicos, que ambientam narrativa sobre vazio e solidão humana, e dar voz à Mãe Terra.

Na mesma data, eles realiza um show no Malcom Pub, em Cuiabá, junto às bandas Zumbi Suicida e Dying Order, que, por sua vez, também apresentam os videoclipes de ’40 graus é osso’ e ‘Ordem decadente’, respectivamente. O evento de lançamento tem início às 17h e a entrada é 1kg de alimento não perecível. A partir das 18h, os clipes também estarão disponíveis no Youtube.

O videoclipe de ‘Vacilo’ tem roteiro e direção de Marcos Maia, também responsável pela montagem e edição. Na produção, o autor da canção Rauni Vilasboas, compositor e guitarrista d’O Mormaço Severino, estreia na atuação. Ele interpreta o personagem que vive em um bunker, criado pela equipe audiovisual com direção de arte de Raphael Henrique.

Quando eu escutei a música, eu senti que ela transcendia em vários aspectos ao falar sobre vacilos. E escolhemos falar sobre o vacilo humano com a natureza, refletir sobre como estamos caminhando neste mundo, sobre as nossas irresponsabilidades com o planeta Terra. Então imaginei uma esfera distópica, onde uma pessoa que, depois de se isolar do caos da humanidade, inicia uma jornada solitária para saber o que aconteceu com ela”, explica Marcos Maia.

Clipe Vacilo 

A banda O Mormaço Severino reúne no videoclipe o resultado de filmagens realizadas em Cuiabá e elementos inseridos por meio de recursos de Inteligência Artificial, que ajuda a criar um cenário distópico de destruição. “As ruínas e a voz que aparecem durante o clipe foi uma máquina que criou. Hoje se fala muito sobre a proporção que a inteligência artificial pode tomar e suas consequências, porque ela é responsabilidade nossa também. E talvez, no pano de fundo, o clipe também reflita sobre isso, sobre o processo de substituição de nós seres humanos, levando ao questionamento do que é ou não real“, revela Marcos.

A voz a qual o realizador se refere aparece em passagens do clipe e é atribuída a uma personagem oculta: a Mãe Terra. “De forma metafórica, ela está ali conversando com nós espectadores”, explica Severino Neto, que assina o roteiro de montagem. O realizador se inspirou em teorias da filosofia e psicanálise para a criação do texto que complementa a mensagem da canção e do enredo do clipe. Segundo ele, “o texto traz o vazio e a solidão da humanidade contextualizada pelo ponto desse ‘ser’, dessa entidade destruída”.

Estamos falando de solidão, do vazio interno que há nas pessoas. Aquilo que Lacan dizia sobre quando a gente se olha no espelho ainda criança, se percebe um ser separado do ecossistema e começa a sofrer. É o vazio que ele chama de ego. O que Schopenhauer também vai definir como a angústia do querer e o tédio de ter. É sobre essa eterna busca por respostas, e o encontro ou não de algumas delas”, complementa.

Assim, o videoclipe de ‘Vacilo’ também imprime uma crítica social. “Tudo que a gente vê demais fica invisível”, diz a voz. Severino Neto contextualiza: “Quando a gente enxerga tanta barbárie, desmatamento, mortes, poluição, agrotóxicos, aquecimento global, guerras, genocídios como o que acontece em Gaza… Parece que a gente vê tanto que acaba desaparecendo, vira paisagem. E assim, vamos nos tornando seres cada vez mais vazios”.

Ficha técnica

Diretor e Roteirista: Marcos Maia

Produtor Executivo: Henrique Maluf

Coordenadora de Produção: Laura Amorim 

Assistente de Produção: karol Pratti

1º Assistente de Câmera: Ricarte Cardoso 

Gaffer: Eder Caio

Maquinista: André Santos

Diretor de Arte: Raphael Henrique 

Produtora de Arte: Isa Venancio

 

SERVIÇO

Vacilo – Videoclipe O Mormaço Severino 

Data: 05 de maio (domingo);

Horário: a partir das 17h;

Local: Malcom Pub (Av. Miguel Sutil, 10240, Santa Rosa, Cuiabá-MT)

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCe1VjbIu8d-RmVXBky92lHw 

 




Atua com jornalismo cultural e assessoria de imprensa há mais de dez anos em Mato Grosso. Passou por cargos de reportagem e edição em veículos digitais e impressos, além de atuar em web-projetos (como séries e documentários governamentais e do setor privado) como pesquisadora e roteirista. Leitora e escritora literária, com ênfase em contos e crônicas. Hoje, além da empresa Mirella Duarte Assessoria de Comunicação, há quatro anos no mercado, é sócia-proprietária do portal Cuiabá Tem.